Substâncias naturais que ajudam a acabar com a barriga

Nas farmácias, na TV, nas páginas de revista e internet. Em todos os veículos a gente encontra propaganda de cápsulas e substâncias naturais emagrecedoras que resolveriam o problema da balança sem muito esforço. Elas funcionam? Oferecem risco à saúde? Substituem os remédios anorexígenos ou sacietógenos? Auxiliam no emagrecimento? Muitas dúvidas surgem quando o assunto são as cápsulas ou substâncias manipuladas ou vendidas em lojas de produtos naturais, que prometem inibir o apetite, agitar o organismo e impedir a absorção de gordura.
Na opinião do endocrinologista Filippo Pedrinola, o melhor resultado está em aderir a um programa completo de emagrecimento, com dieta, atividade física e, se necessário, medicamentos. “Os produtos naturais que prometem inibir o apetite e auxiliar no emagrecimento podem ter diversos mecanismos de ação, mas, em geral, possuem um efeito mais leve do que os medicamentos alopáticos”, explica Pedrinola.
O mais interessante dessas “pílulas milagrosas”, como estão sendo chamadas essas substâncias derivadas de plantas naturais, é que não é necessária prescrição médica, mesmo que seja mais plausível usá-las com orientação de um profissional da área da saúde, como um nutricionista ou endocrinologista. “Isso porque muitas dessas pílulas, apesar de serem naturais, apresentam contra-indicação e podem gerar reações adversas”, afirma o especialista.
Apesar disso, essas substâncias extraídas da natureza podem, sim, ajudar você a afinar a cintura e a dar um chega pra lá naquela fome exagerada. Portanto, prepare-se para entender esse fenômeno e receber de braços abertos o universo amigo da fitoterapia. Quem sabe você não precise abolir de vez a pizza tradicional do domingo?
Confira as principais substancias naturais do mercado (e as escolhidas entre os médicos):

1-Caralluma Fimbriata
Considerada o melhor fitoterápico inibidor de apetite do mercado, trata-se de um cacto indiano (planta da família Apocynaceae) que promete driblar o apetite e ser uma arma contra os quilos extras. Atua no cérebro controlando o apetite e reduzindo a gordura na região abdominal. Não há registro de efeitos colaterais sobre seu uso.

É utilizada há séculos pelos povos nativos de regiões como África, Índia, Arábia, Sul da Europa e Afeganistão como supressor do apetite e da sede e doador de energia.
A dosagem deve ser de 500mg a 1g por dia, sempre uma hora antes do almoço e uma hora antes do jantar.

2- Faseolamina
Componente extraído do feijão-branco, impede a absorção de 15% do carboidrato consumido e ajuda a diminuir o “peso” desses alimentos. Além disso, melhora o funcionamento do intestino porque o carboidrato não absorvido aumenta o volume das fezes e a faseolamina contém fibras. Segundo estudo da Faculdade de Medicina de Extremadura, na Espanha, a faseolamina reduz os níveis de açúcar no sangue, o que ajuda a controlar o apetite também. Como conseqüência, há uma diminuição dos estoques de gordura localizados na região abdominal. Em excesso, a faseolamina pode provocar gases e diarréia.

A dosagem deve ser de 350 a 1000mg por dia, em três cápsulas diárias que devem ser ingeridas 30 minutos antes do café-da-manhã, almoço e jantar.

3-Citrus aurantium
Obtido da laranja amarga, acelera o metabolismo, promove um maior gasto de calorias e queima os estoques de gordura. Essa substância se liga a receptores encontrados no tecido gorduroso, ativando o metabolismo sem interferir no sistema cardiovascular.

Além disso, alguns estudos comprovaram que a substância, por promover mais energia, estimula a liberação de adrenalina, o que deixa a pessoa muito mais disposta. O citrus aurantium também deixa os aminoácidos mais acessíveis para a formação de proteína, o que é indispensável para quem deseja ganhar e tonificar os músculos do corpo.
A substância também tem propriedade digestiva, melhorando a absorção dos nutrientes e protegendo o estômago. Não há relatos de reações adversas.
A dosagem deve ser de 500mg por dia, em duas cápsulas. A primeira em jejum e a outra de 10 a 15 minutos antes do jantar.

4- Cáscara Sagrada
Planta medicinal que regula o intestino e combate a prisão de ventre, diminuindo a absorção de gorduras. Também é usada como laxante leve, sendo empregada no tratamento da constipação intestinal.

Deve ser tomada à noite, pois demora aproximadamente oito horas para fazer efeito. Quem sofre de doenças intestinais não deve consumir.
A planta deve ser consumida na forma de chá (uma xícara por dia) ou cápsula manipulada (uma por dia).

5- Centella asiática
Planta medicinal que combate a celulite e a gordura localizada. Auxilia na síntese de colágeno e melhora a aparência da pele. Além disso, ativa a circulação sanguínea.

Pode ser ingerida sob a forma de chá ou cápsulas manipuladas, duas vezes ao dia, ou em creme, diretamente na pele.
A absorção dessa substância pode dar alergia. Em caso de vermelhidão ou coceira, melhor suspender o uso.

6- Garcínia
Planta asiática que diminui o apetite e a vontade incontrolável por doces. Equilibra a produção de gorduras como o colesterol e os níveis de açúcar no fígado.

A substância deve ser ingerida sob a forma de chá ou cápsulas manipuladas, duas vezes por dia. Não há registro de efeitos colaterais.

7- Chá verde e chá branco
Derivados da planta Camellia sinensis, aceleram o metabolismo, aumentam o gasto energético, auxiliam a digestão e ajudam a queimar gordura, reduzindo a retenção de líquidos.

Pessoas anêmicas não devem consumir. Por conter cafeína, o consumo em excesso pode causar insônia. Essas sustâncias devem ser consumidas em chá ou em cápsulas, no máximo até às 19 horas e jamais em quantidades superiores a três ou quatro xícaras de chá ou cápsulas.

8- Ágar-ágar
Extrato de algas marinhas, inibe o apetite e melhora o funcionamento do intestino. Em contato com a água, forma uma gelatina que “enche” o estômago e garante saciedade.

Não deve ser consumido por pessoas com intestino solto ou problemas gástricos, como úlcera e gastrite. Pode ser consumido em cápsulas ou em pó, 30 minutos antes do almoço ou jantar.

9- Slendesta
Última novidade na área, trata-se de um extrato de batata que é capaz de estimular a secreção de um mensageiro químico conhecido como colecistoquimina (CCK). De acordo com alguns estudos publicados na literatura médica, a CCK tem a capacidade de aumentar a saciedade e, sendo assim, reduzir a vontade de comer.

Portanto, o Slendesta interage de forma natural com o organismo, possibilitando o envio de sinais para o cérebro, do tipo: “Eu estou satisfeito. Pare de comer”. Dessa forma, as pessoas ingerem uma quantidade menor de comida e conseguem controlar as “beliscadas” entre as refeições, "desligando" o interruptor da fome.
O ingrediente, que não apresenta efeitos colaterais e está sendo estudado por empresas alimentícias que pretendem pode utilizá-lo em barras de cereais, suplementos, produtos panificados, massas, snacks, biscoitos, e alimentos para dietas controladas e de redução de calorias.


Observações importantes
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está alertando as pessoas para que escolham bem a farmácia de manipulação ou os laboratórios responsáveis pela manipulação dessas substâncias naturais.

Muitas fórmulas prontas são comercializadas de maneira inadequada e sem nenhuma fiscalização, o que pode prejudicar a saúde de quem as consome. Além disso, alguns laboratórios e farmácias podem introduzir substancias químicas na composição das cápsulas.
Também fique de olho na concentração das substâncias naturais e, qualquer dúvida, não deixe de consultar um especialista – nutricionista, nutrólogo ou endocrinologista.

  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

5 Comentários:

  1. Onde posso encontrar essas substâncias? Será que posso encontrá-las em casas de produtos naturais?

    ResponderExcluir
  2. Encontra sim, qualquer farmácia de manipulação vc encontra. Obrigada por me visitar no meu blog. Bjs!

    ResponderExcluir
  3. intiresno muito, obrigado

    ResponderExcluir
  4. obrigada pela dica bom dia

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o artigo, escolher uma boa farmácia de manipulação para comprar as plantas é uma dica importante.
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Item Reviewed: Substâncias naturais que ajudam a acabar com a barriga Rating: 5 Reviewed By: Jô Angel
Scroll to Top